As 3 Mentiras Que Contamos Para Nós Mesmos Todos Os Dias.


Sabe quantas mentiras são contadas mediamente durante um dia? 5, 10 no máximo 15? 
Sinto comunicar que está errado porque o psicólogo social Jerald Jellison da University of Southern California, depois de uma pesquisa informou que geralmente uma pessoa em média conta 200 mentiras por dia. 
Mais recentemente através seus estudos sobre as mentiras o Prof. Robert Feldman, da University of Massachusetts, relata que são faladas mediamente de 2 a 3 mentiras em conversas de 10 minutos.

Diego você está me dizendo que mentimos tanto de chegar ao ponto que nem percebemos mais o quanto estamos mentindo?  
Na verdade, não estou dizendo isto, o que quero evidenciar é que existem vários tipos de mentiras e as piores, com toda certeza são aquelas que costumamos contar para nós mesmos. 

Duzentos por dia, de dois a três a cada dez minutos de conversa: estes parecem números impressionantes. 
Em outro momento falei de como descobrir quem mente, mas existem mentiras muito mais poderosas de uma pessoa tão experta que dificilmente conseguimos individuar. 

Este “sujeito” é tão habilidoso que consegue te enganar há muitos anos ... 
Sabe quem é? Pois não é nenhum dos seus parentes. 
Vou te dar uma dica: todos os dias, de manhã, quando levantar ele se apresenta no espelho do seu banheiro e se parece tanto com você que posso te dizer que parece seu gêmeo.

O ser humano tem a tendência a mentir por si próprio utilizando muita imaginação, quase todos mentimos e quase todos mentimos quase todos os dias. 
Mentimos de muitas formas diferentes, mas fundamentalmente mentimos por duas razoes.

Desconhecemos a realidade. 
Neste caso “mentimos não sabendo de mentir”. 
Diego tem certeza? Mas como é possível isso? Sim, tenho absolutamente. Acostumamos tanto a mentir que as mesmas mentiras que contamos para nós diariamente se tornaram nossa verdade, chegamos a não saber distinguir mais o que é verdadeiro daquilo que é um sistema de crenças limitantes que estamos criando dia após dia. 
Estas mentiras são extremamente perigosas porque enfraquecem a base de nossa autoestima.

Não queremos enfrentar a realidade. 
Neste caso “mentimos sabendo de mentir”. 
Já lembrou o dia que contou para você mesmo aquela desculpa útil para justificar um fracasso? 
E quando prometeu começar aquela dieta na “próxima segunda feira” que ainda não chegou e provavelmente nunca vai chegar? 
Fazemos promessas que pontualmente desrespeitamos, decepcionando a nós mesmos e aos outros. 
Força de vontade precária e a procrastinação (veja como acabar com a procrastinação) encontram em nossa fraqueza terreno fértil para alimentar este tipo de mentiras. 

Provavelmente, se chegou a ler até aqui, você deve ter a curiosidade de saber quais são os três tipos de mentiras com as quais mais nos enganamos. 
Espero que saber o que seu “irmão gêmeo do espelho” lhe conta todos os dias possa te ajudar a tomar consciência delas e tomar as devidas providencias. 

Mentira número 1: sobre o tempo. 
Quantas vezes na vida já falou ou pensou: “Se tivesse mais tempo poderia fazer __________ .” 
Você sabia que o tempo é o recurso mais democrático e bem distribuído que existe ao mundo? Sabe qual é a diferença em horas, minutos e segundos entre nosso dia e aquilo de uma pessoa que conseguiu realizar nossos mesmos objetivos? Absolutamente 0, nenhuma, nadinha mesmo!

No Brasil jovens entre 16 e 24 anos passam mediamente 9 horas por dia no celular, 64% de jovens e adultos brasileiros declararam de assistir pelo menos uma novela por dia e a média diária de horas que passam assistindo televisão é de 3 horas e 31 minutos (pesquisa feita pelo jornal Folha de São Paulo). 
Conhecendo estes números podemos ainda afirmar que não podemos fazer o que gostaríamos fazer por falta de tempo? Entendo que você pode me dizer que não entra nesta estatística, então te pergunto sabe administrar corretamente seu tempo? (Veja algumas dicas sobre administração do tempo)

Não é a falta de tempo a causa do insucesso pessoal, o que falta é a vontade e determinação de realizar totalmente nosso objetivo custe o que custar. 
Eu não estou dizendo que não pode curtir a vida e fazer coisas que te proporcionem prazer, mas existe uma grande diferença entre jogar fora o tempo antes de ter completado sua agenda diária de compromissos e aproveitar de um descanso merecido fazendo o que gosta, como gosta e com quem gosta. 
Este último tipo de descanso é um dos maiores prazeres da vida que temos e gera uma satisfação incomensurável, portanto pense nisso quando estiver trocando seus compromissos pelo “zap zap” descontrolado.

Mentira número 2: sobre a felicidade.
Quantas vezes na vida pensou ou falo: “Teria uma vida maravilhosa se somente _________ .”
Temos certeza que nossa vida seria fenomenal se somente tivéssemos mais dinheiro, um carro mais potente, aquele jatinho tão lindo, um trabalho onde ganhar muito e trabalhar pouco, um corpo sarado e um parceiro fantástico e ... muito mais ainda.
Nossa mente viaja tanto no futuro ideal (ou na maionese, você que decide) que perdemos o foco daquilo que é importante e esquecemos de viver plenamente o presente. Pegando emprestada a antiga expressão latina “hic et nunc” que significa “aqui e agora” convido todos vocês a focar mais no dia de hoje para recolher mais amanhã. 
Dizendo isso não estou afirmando que seja errado ter objetivos, sonhos e ambições para o futuro, pelo contrário mantenha sempre viva esta atitude que faz parte da natureza humana e pare de acreditar que será feliz somente no dia que a lista dos desejos será completamente realizada. 

Falar diariamente para nos mesmos que só iremos ser felizes no dia que aquele determinado fato acontecer gera frustração, nos impede de viver plenamente o presente e sobretudo limita a energia necessária para alcançar objetivos futuros. 

Comece hoje mesmo a curtir sua evolução, sua busca e realização, valorize o desafio e as pequena grandes conquistas do dia a dia e quem sabe, quando realizar seu sonho, irá entender que a parte mais importante da conquista não foi a simples realização dele quanto o caminho que você fez e a determinação que teve diariamente para chegar onde sempre desejou.

Mentira número 3: sobre a procrastinação.
Quantas vezes na vida pensou ou falou: “A partir de amanhã vou começar. ”
Esta frase realmente é uma mentira fantástica que todos nós contamos pelo menos uma vez na vida.
Você não? Tem certeza absoluta? 
E aquele dia que foi dormir cheio de boas intenções e levantou extremamente cansado e sem motivação, abriu a janela e tinha aquele clima que você detesta realmente não pegou o celular e desmarcou todos os compromissos inventando uma desculpa?
Pouco a pouco o dia melhora e um leve sentido de culpa para aquela mentira contada nas primeiras horas da manhã começa a surgir, mas nunca mais isso irá acontece... E acontece novamente. 

E aquela tarefa que você não quis enfrentar e disse “Com certeza absoluta amanhã vou fazê-la!” Já a fez? 
É incrível como o amanhã chega e nada muda, mas fica tranquilo porque isto aconteceu com todos pelo menos uma vez na vida e a notícia boa é que existem inúmeras técnicas para acabar com a procrastinação, portanto te convido a ler algumas delas e saber como acabar com a procrastinação
Vai começar hoje ou vai deixar para amanhã?

Saiba que continuando a esperar o dia perfeito para fazer o que planejou fazer está correndo o perigo de permanecer parado em quanto o tempo, que é sempre justo e verdadeiro, passa sem parar. 
Mostre para si mesmo quem manda em sua vida, seja protagonista, estabeleça as regras e não deixe falar alto aquela voz tentadora que sempre te aconselha fazer amanhã o que pode ser feito hoje simplesmente porque você é mais forte desta vozinha, você está no controle de suas emoções e pensamentos. 

Fale mais alto desta pequena voz inconveniente que continua nos contando muitas mentiras e nos dá um conforto só aparente, quando na verdade nos amarra dificultando a realização de tantos sonhos lindos que moram na mente e no coração.
Você pode vencer esse inimigo tão poderoso que reduz a autoestima tomando consciência que não precisa mais mentir porque como diz Paulo Coelho: “Se você quiser ter sucesso, deve respeitar uma regra: Nunca minta a si mesmo”.

®© Diego Trambaioli
Foto: Google Search


Deixe um recado aqui em baixo e compartilhe sua opinião para contribuir ao meu conhecimento e aquilos dos leitores do blog. Muito obrigado mesmo!
Abraço. 

P.S. Se achar que esta postagem possa ser útil para seus amigos, utilize os botões aqui em baixo para a compartilhar nas redes sociais. O apreciaria muito, obrigado.

É muito mais fácil se queixar do azar, do destino e viver como público do filme da própria vida assistindo ao sucesso dos outros. Decidir ser protagonista requer determinação, firmeza e ação. Se você possui estas qualidades com certeza estará baixando esse e-book porque já sabe que uma longa caminhada começa pelo primeiro passo.. 

Preço: BAIXE GRÁTIS
Compartilhar no Google Plus

About Diego Trambaioli

    Comentar no Google+
    Comentar no Facebook

0 commenti:

Posta un commento